Telegram ignora a justiça e o ministro Alexandre de Moraes manda bloquear aplicativo no Brasil

    0
    99
    visualizações

    Após os pedidos da justiça brasileira serem ignoradas pelo aplicativo de mensagens Telegram, o ministro da do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes mandou bloquear o aplicativo em todo território nacional.

    Na decisão do ministro do STF exige que todos provedores de internet que atuam no Brasil façam o bloqueio e descumprimento é de R$100.000,00 (cem mil reais) ao dia de multa para as empresas que não cumprir a decisão.

    “A suspensão completa e integral do funcionamento do TELEGRAM no Brasil permanecerá até o efetivo cumprimento das decisões judiciais anteriormente emanadas, inclusive com o pagamento das multas diárias fixadas e com a indicação, em juízo, da representação oficial no Brasil (pessoa física ou jurídica)”, decidiu o ministro.

    A decisão do juiz foi por decisões judiciais que o Telegram não teria cumprido, como a derrubada de perfis do blogueiro Allan do Santos e do site Terça Livre, além de grupos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL), no qual foi identificado a distribuição de notícias falsas por este grupo.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui