Presidente do Brasil chama ator Leonardo DiCaprio de mentiroso

0
87
visualizações
O ator americano Leonardo DiCaprio e o presidente do Brasil Jair Bolsonaro

No dia 3 de maio, o presidente da república na saída do Palácio do Alvorada conversa com apoiadores que vivem ali de plantão para tratar de assuntos extra oficiais e o assunto foi o ator de Hollywood Leonardo de DiCaprio, que é ativista nas causas da preservação do meio ambiente e no combate ao aquecimento global, e publica sempre questões sobre a amazônia brasileira.

Bolsonaro criticou mais uma vez o ator com aquelas palavras pouco polidas de sempre, “Não adianta fazer videozinho mentiroso falando que está pegando fogo na Amazônia, [que] vai mudar o clima no mundo, isso não funciona. Está lá o DiCaprio, lá colocando fotografia de 20 anos atrás. Agora, o próprio DiCaprio tem que saber que a própria diretora da OMC [Organização Mundial do Comércio] falou que sem o agronegócio brasileiro o mundo passa fome. Então, é bom o DiCaprio ficar de boca fechada ao invés de ficar falando besteira por aí”.

O ator americano repostou em seu perfil no Twitter, em 9 de setembro de 2020, um vídeo da Articulação de Povos Indígenas do Brasil com imagens de vários lugares do mundo com focos de incêndio com um texto que faz uma pergunta: “De que lado você está: Amazônia ou Bolsonaro?”.

Outra coisa que incomodou muito o presidente brasileiro foi a publicação de DiCaprio incentivando a juventude do Brasil a regularizar o título de eleitor para votar. As pesquisas mostram que Bolsonaro não é bem visto pelos jovens no Brasil, sua popularidade e muito baixa entre os adolescentes brasileiros, e isso em tese poderia prejudicá-lo na eleições.

Com ironia Bolsonaro respondeu a DiCaprio no Twitter a publicação onde o ator fala aos jovens sobre a importância da participação deles nas eleições.

“Obrigado pelo apoio, Leo! É muito importante ter todos os brasileiros votando nas próximas eleições”, publicou Bolsonaro. Segundo o presidente, o “povo decidirá se quer manter nossa soberania na Amazônia ou ser governado por bandidos que servem a interesses especiais estrangeiros”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui