Prejuízo bilionário atinge produtores do Rio Grande do Sul por causa da seca

Propriedades ficam sem acesso à água por causa da estiagem que assola o estado e derruba a produção de soja, milho e leite

0
182
visualizações
Foto: Reprodução

Safras de soja e milho, no estado do Rio Grande do Sul terão uma perda de R$ 33 bilhões em consequência da seca que assola o estado desde o final de 2021. A lavoura de soja renderá menos R$ 27,8 bilhões, enquanto a do milho perderá R$ 5,2 bilhões. São os dados levantados pelo mais recente boletim da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) RS. 

O Informativo indica uma colheita de 11,1 milhões de toneladas para a soja, uma queda de 43,8% em comparação com a estimativa inicial. No milho, a produção calculada é de 2,7 milhões de toneladas, redução de 54,7% em relação às primeiras projeções.

257 mil propriedades foram atingidas pelos efeitos da estiagem. E aproximadamente 17,3 mil famílias estão com dificuldades de acesso à água. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui