Partido REDE pede que STF multe Bolsonaro em R$ 500 mil por cada mentira sobre urnas

0
179
Visualizados

O partido acionou a Corte um dia após a live em que o presidente admitiu que não tem provas de que houve fraude nas eleições de 2014.

A Rede Sustentabilidade pediu nesta sexta-feira (30) que o STF multe Jair Bolsonaro em R$ 500 mil cada vez que ele mentir sobre urnas eletrônicas. O partido defende que a quantia seja descontada do patrimônio pessoal do presidente, e não dos cofres públicos.

A solicitação um dia após Bolsonaro promover uma live constrangedora com o objetivo de “provar” que houve fraude nas eleições de 2014. Depois de apresentar vídeos com informações já desmentidas, o presidente admitiu que não tem provas.

A Rede havia pedido, em junho, que Bolsonaro apresentasse as supostas provas e, caso não conseguisse fazer isso, que a Corte o proibisse de se manifestar publicamente a respeito.

O senhor Presidente da República não respeita os demais Poderes da República, sendo necessária a imediata aplicação de pena de multa por evento de descumprimento a cada nova manifestação que faça acerca da inverídica existência de fraudes eleitorais, por via própria ou de seus Ministros ou familiares mais próximos”, disse o pedido apresentado hoje.
Com informações do O Antagonista

Deixe seu comentário

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui