Justiça condena Globo a pagar R$ 10 mil ao hacker que invadiu o celular de Moro

0
126
visualizações
Justiça condena Globo a pagar R$ 10 mil ao hacker que invadiu o celular de Moro
Ex-juiz Sérgio Moro, Foto: Marcelino/Reuters

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a Rede Globo a pagar um indenização por danos morais de R$ 10 mil a Danilo Cristiano Marques, suspeito de participar do hackeamento do celular do ex-juiz Sérgio Moro e de outras autoridades, para buscar informações sobre a operação Lava Jato.

Em 23 de julho de 2019 a Polícia Federal prendeu Danilo durante a Operação Spoofing, que estava investigando a invasão dos celulares.

O portal G1 disse que Danilo tinha uma condenação por roubo, mas não era verdade.

A defesa de Danilo afirmou nos autos que ele não tinha ficha criminal e abriu um processo exigindo uma indenização de R$ 200 mil.

A Rede Globo se defendeu afirmando que a informação foi passada aos jornalistas pelas autoridades da investigação, e por isso não deveria ser punida pelo erro.

A desembargadora Gil Cimino não aceitou a argumentação da empresa e afirmou que, “ao arrepio de preceitos básicos da boa prática do jornalismo, a reportagem reproduziu uma informação falsa sem realizar a qualquer tipo de checagem.”

Outra empresa de comunicação, que também foi condenada a pagar R$ 10 mil, é a Empresa Paulista de Notícias, que tem o site portal “A Cidade ON” pelo mesmo erro. A empresa também argumentou que reproduziu as informações dadas pela Polícia Federal. Ambas condenações ainda cabem recurso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui