Filha de Gugu Liberato diz que não está mais brigada com irmão por causa da herança

0
73
visualizações
Marina e Sofia, de 17 anos, não se entenderam com João Augusto, de 20, após a morte do apresentador

Após a morte de Gugu, em novembro de 2019, foi iniciada uma briga entre os seus três herdeiros. De um lado, estavam as gêmeas Marina e Sofia, de 17 anos e, do outro, João Augusto, de 20 anos.

A disputa pela herança rachou a família ao meio e foi recheada de disputas judiciais. Entretanto, ao responder um seguidor no Instagram, Marina afirmou que não há mais briga. “Mentira. A gente não está brigado e eu falei com ele hoje”, disse a jovem.

Apesar da declaração, Marina não participou do aniversário do irmão velho, que completou 20 anos no último dia 10 de novembro. Ele comemorou a data apenas com a namorada e a mãe, Rose Miriam.

:: Amazon Cosmeticos - Até 25% off em Beleza ::

Briga pela herança

Gugu Liberato morreu em 21 de novembro de 2019, aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico em sua casa em Orlando, nos EUA. Em seu testamento, o apresentador deixou 75% de sua fortuna, avaliada em R$ 1 bilhão, para ser dividida em partes iguais entre os três filhos. Os outros 25% ele estipulou que fossem partilhados, também igualmente, entre os cinco sobrinhos.

Rose não aceitou a partilha e entrou na Justiça brasileira com um pedido de reconhecimento de união estável com Gugu, alegando que vivia com o apresentador e, por isso, tinha direito a parte da herança bilionária.

A família de Gugu alega que ela era apenas mãe dos filhos e que eles jamais tiveram uma relação. Em maio de 2020, a juíza Eliane da Câmara Leite Ferreira, da 1ª Vara da Família e Sucessões, em São Paulo, retirou Rose da ação de inventário do apresentador.
Mídia Max

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui