Fazendeiro e 2 funcionários são sequestrados e mortos na fronteira do Paraguai

0
234
visualizações
Viaturas dos policiais que atuaram nas buscas pelas vítimas. Foto: Carlos Aquino

O fazendeiro Helmut Ediger, de 74 anos, e dois de seus funcionários foram encontrados mortos em sua propriedade, nesta segunda-feira (22) no distrito de San Estanislao, no departamento de San Pedro, PY, a 180 quilômetros de Paranhos. As vítimas estavam desaparecidas desde esta manhã, após terem sido abordados por sequestradores.

Um outro funcionário, Eder Cordeiro Machado, de 18 anos, que também havia sumido foi solto pelos criminosos. O local onde os corpos foram encontrados fica em uma parte mais afastada do território da propriedade e foi indicado à Polícia Nacional pelo próprio sobrevivente.

Entretanto, não foram divulgados detalhes sobre a dinâmica das execuções e o estado em que as vítimas foram encontradas. Do local as vítimas foram encaminhadas para o Hospital Distrital de San Estanislao.

Em julho deste ano, Helmut também foi feito refém de criminosos que chegaram à fazenda encapuzados e fortemente armados. Na ocasião, ele foi amarrado com fita adesiva e deixado à beira de uma estrada.

O grupo fugiu levando dinheiro e o caminhão da vítima, que na sequência foi encontrado incinerado. A suspeita da polícia paraguaia é de que um dos grupos de guerrilheiros que atuam na faixa de fronteira, sejam os responsáveis pelo ataque anterior e pelo sequestro das 4 vítimas, nesta segunda-feira. Representantes do Ministério Público e peritos de Assunção também estiveram na propriedade e investigam a motivação e dinâmica do sequestro.
Cenário MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui