Efeitos do colapso econômico começam aparecer como da mulher que morreu cozinhando com álcool em Osasco

0
259
visualizações
Geisa Stefanini, de 32 anos, não tinha dinheiro para comprar gás e precisou improvisar para se alimentar. Seu bebê de oito meses teve 18% do corpo atingido pelas chamas. Foto: Redes Sociais

Foi até difícil começar a escrever essa trágica notícia, pois era uma mulher jovem de apenas 32 anos com um filho pra criar de 8 meses, simplesmente lutando pela sobrevivência através de um improviso na cozinha para passar esse período complicado que estamos vivendo de desemprego, fome, falta de oportunidades, mas sobrando muita briga pelo poder baseado em ideologias baratas.

:: Amazon Cosmeticos - Até 25% off em Beleza ::

A jovem Geisa Stefanini não tinha dinheiro para comprar o gás de cozinha neste país tão rico e mal administrado pelos que brigam pelo poder do governo e resolveu cozinhar utilizando de um improviso com álcool, prática muito utilizada por moradores de rua, utilizando geralmente uma latinha, onde se coloca o álcool e depois acende o fogo para poder cozinhar alimentos, substituindo a boca do fogão, e foi assim que o acidente ocorreu na casa de Geisa queimando 90% de seu corpo, ela chegou a ser socorrida, ficou internada mas não resistiu as queimaduras e faleceu na Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital Geral da Vila Penteado, na Zona Norte da capital paulista.

Segundo testemunhas ela era uma jovem Geisa cheia de planos e sempre sonhava dar a volta por cima e um dia viver com dignidade, vivia com o filho de 8 meses na cidade de Osasco – SP, estava desempregada como milhares de paulistanos hoje, seu sustento vinha apenas do auxílio de R$ 325 do Bolsa Família, morava em um imóvel de 1 quarto e sala pago pelo programa de aluguel social da Prefeitura de Osasco.

:: Amazon Cosmeticos - Até 25% off em Beleza ::

As tragédias sociais são comuns principalmente no Brasil onde a bagunça é generalizada por parte do governo que não pensa em seu povo como prioridade, e vemos pessoas nas ruas sem ter onde morar, sem ter o que comer, sem ter onde ganhar a vida, mas morrer? pela falta de 100 reais que ela não tinha para comprar algo tão básico. Quando isso acontece então é hora de refletir onde chegamos, eu sei que tem aqueles que pensam sobre isso como normalidade, mesmo não sendo, mas as perguntas que eu faço a mim mesmo são inevitáveis, e se ela tivesse o gás? isso poderia ser evitado? ela não teria morrido? acidentes acontecem aos montes, mas nesse caso é especial, foi ocasionado por uma tragédia social que supostamente poderia ser evitado, se Geisa tivesse a oportunidade de ter um emprego, colocar seu filho numa creche, enfim, coisas que achamos normais para uma pessoa de 32 anos de idade, principalmente vivendo numa região que simplesmente é uma das mais ricas do planeta.

O preço do gás de cozinha subiu mais de 37% só este ano e já é vendido em muitas cidades por até R$ 110, o que tornou seu consumo inviável para milhões de brasileiros que vêm enfrentando muitas dificuldades da mais grave crise econômica da história.

Fiz esse texto meio na marra, com nó na garganta, refletindo para onde estamos indo como sociedade, se isso não é um alerta para abertura de reflexões intensas de que o modelo econômico que muitos defendem não passa de uma competição cruel, onde se paga o preço de perder o jogo com a própria vida, é isso mesmo? esse é o certo? não saberia responder, mas na minha visão algo tem que ser mudado, as pessoas não são números, elas precisam de uma chance para não morrer por descaso da maioria, é o que eu penso.

Em entrevista coletiva realiza na tarde desta segunda-feira (27), o presidente da Petrobras, o general da reserva Joaquim Silva e Luna, riu após uma pergunta feita por uma jornalista sobre o governo melhorar os preços do gás para os mais pobres. O militar que chefia a Petrobras Estatal do Governo recebe R$ 228 mil por mês de salário para exercer o cargo, além dos R$ 32 mil que recebe como aposentado no Exército.

Por Marco Murilo Oliveira
West Brasil Tecnologia da Informação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui