Deputado de MS saca uma arma e atira “em advertência ao comunismo” (vídeo)

"Esse projeto é um tiro de advertência no comunismo", afirmou o deputado estadual João Henrique (PL-MS)

0
333
visualizações
Deputado estadual João Henrique
Deputado estadual João Henrique (PL-MS). Foto: Reprodução

O deputado estadual João Henrique (PL-MS) praticou tiros ao alvo, nesta terça-feira (17), durante uma sessão remota da Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul. O parlamentar participava da reunião plenária que discutia um projeto de lei sobre a atividade de atirador esportivo no Estado. Os relatos foram publicados pela Rádio Itatiaia

O deputado do PL entrou ao vivo de um clube de tiro na sessão e discursou antes de disparar contra um alvo, que era uma bandeira com símbolos do comunismo: uma foice e um martelo. “Esse projeto é um tiro de advertência no comunismo e na mão leve que assaltou o país. Por isso, uma salva de tiros, sim”, disse.

Muitos internautas repudiaram a atitude do deputado em comentários no Twitter, dizendo que tal manifestação era algo inútil, não acrescentando em nada em soluções para os problemas do país.

O presidente da Assembleia, Paulo Corrêa (PSDB), o advertiu de modo suave. “Não pode fazer isso, houve um exagero”, afirmou. 

Outros parlamentares criticaram a atitude, como Pedro Kemp (PT). “Isso aqui não é um teatro. Da próxima vez, se quiser se aparecer, pendure uma melancia no pescoço. Temos assuntos mais importantes do que debater armas, assuntos como fome, miséria, desemprego, violência contra a mulher, a LGBTfobia”, acrescentou.
*Com informações da Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui