Com popularidade em baixa Governo confirma Auxílio Brasil de 400 reais e PT insiste em 600 reais

0
133
visualizações

Um dia depois de o governo Jair Bolsonaro (sem partido) confirmar que o Auxílio Brasil terá um valor médio de R$ 400, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu que o benefício concedido às famílias seja de R$ 600.

“Estou vendo agora Bolsonaro dizer que vai dar um auxílio emergencial de R$ 400 que vai durar até o final do ano que vem. E tem muita gente dizendo ‘não, a gente não pode aceitar porque é um auxílio emergencial eleitoral’.

Não, eu não penso assim”, afirmou Lula, em entrevista à rádio A Tarde, de Salvador. Líder nas pesquisas de intenção de voto para à Presidência em 2022, segundo o Datafolha, o petista lembrou que o PT defende, há cinco meses, o retorno do auxílio emergencial de R$ 600 e diz não ver motivos para o partido criticar o aumento do benefício concedido às famílias. 

:: Amazon Cosmeticos - Até 25% off em Beleza ::

O novo auxílio deverá ser pago a famílias em situação de extrema pobreza. Famílias em situação de pobreza também poderão receber, desde que tenham, entre seus membros, gestantes ou pessoas com menos de 21 anos.

Atualmente, se encaixam na situação de extrema pobreza famílias com renda de até R$ 89 por pessoa. Já na situação de pobreza, a renda mensal varia de R$ 89,01 a R$ 178 por pessoa. Mas a medida provisória que cria o novo programa assistencial informa que esses valores ainda serão definidos.
*Com informações da Folha de S.Paulo e G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui