Bolsonaro inaugura transposição do rio São Francisco no RN sem água

0
175
visualizações
Foto: Reprodução/Twitter

O evento promovido na tarde desta quarta-feira (9) pela gestão Bolsonaro para simbolizar a chegada do volume de água da transposição do rio São Francisco ao Rio Grande do Norte contou com uma situação inusitada: a água, que vinha da Paraíba, não chegou a tempo ao território do estado onde se encontrava a comitiva presidencial. 

A Secretaria de Recursos Hídricos (Semarh) do estado informou que, na manhã desta quarta, o líquido ainda não havia atingido a divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, que está a cerca de 20 km do local da cerimônia.

“Não haverá tempo de o presidente inaugurar as águas passando por Jardim de Piranhas”, antecipou o titular da pasta, João Maria Cavalcanti, segundo informações do site G1. Em entrevista ao portal Fórum, o gestor disse ter havido um equívoco por parte da gestão Bolsonaro.

“[As águas] estavam na Paraíba. Eles abriram as comportas lá. Por um erro de cálculo e desconhecimento do Rio Piranhas por parte da equipe do governo federal, eles liberaram lá na Paraíba [e vieram pra inauguração], só que as águas demoram alguns dias para chegar ao Rio Grande do Norte”, explicou Cavalcanti.

O volume previsto para chegar ao local viria da barragem de São Gonçalo (PB) e foi liberado há dois dias, mas não alcançou o destino até a hora da inauguração da obra, devendo atingir o ponto até esta quinta-feira (10). A projeção foi dada pelo comitê que gere a Bacia Hidrológica do Piancó-Rio Piranhas-Açu.
*Com informações do Brasil de Fato

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui